Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bons rapazes, grandes Homens

Bons rapazes, grandes Homens

Carta para mim

08.07.18 | Jack Sparrow

Meu querido amigo (2018),

 

Eu sei que estás a sofrer, meu amigo. Eu posso agora ver o quão estás despedaçado, um invólucro do homem que tu já foste. Eu posso ver que estás exausto; cansado com o fardo da tristeza que carregas, devastado pela maneira como tua vida se desfez. Eu sei que só queres ajuda. E aqui está ela.

 

Graças ao poder do pó de fada mágica e dos unicórnios brilhantes esta missiva chega a ti a partir de três anos no futuro. De ti! Do teu eu futuro, mais de mil dias depois, com tudo que precisas saber para aliviar tua dôr e passar por essa altura difícil..

 

Ela partiu o teu coração. Eu sei disso. E isso aconteceu de uma maneira horrível, ela apenas retirou o seu amor e desapareceu uma noite. Ela deixou-te e também deixou os vossos filhos não terem a oportunidade de aprender como as pessoas conseguem resolver as suas diferenças.. O teu  mundo foi estilhaçado. Mas o que tu fazes agora é importante, as decisões que tomas agora, como pai solteiro, têm consequências. Então senta-te, meu amigo, fica à vontade e concentra-te. Aqui estão as respostas que tanto procuras.

 

Tu não querias que o vosso relacionamento acabasse, mas ela sim. Podes chorar sobre isso e conversar com os teus  amigos, mas inevitavelmente iria acabar. Sim, poderias ter lidado melhor com o final para o bem das crianças, mas não tiveste escolha. Eu sei que se pudesses voltar, poderias fazer as coisas de forma diferente, mas o fim não seria diferente, porque nessa altura vocês já não estavam bem um para o outro. Ela não queria mais estar contigo. Foi uma rejeição e a rejeição é uma merda, mas tu, meu amigo, tens de perceber que ainda vale a pena amar e, com o tempo, quando estiveres pronto, encontrarás o amor novamente. Mas a maneira mais rápida de conseguir isso é aceitar o que aconteceu.

 

Não precisas mais de discutir. Tu és um apaixonado. É o que faz de ti quem és, mas quando misturas paixão com raiva e mágoa, significa que não estás sempre a pensar com calma e de forma razoável. Pode haver dias em que odeias essa mulher e o que ela fez contigo e com os teus filhos. Haverá dias em que queres gritar e gritar e dizer ao mundo que ela é uma idiota. Mas o que tu não precisas mais de fazer e discutir. A tua  vida é a tua vida, o que ela faz com isso já não é a tua preocupação agora. As únicas conversas que vocês precisam ter são sobre as crianças - quando elas estão com ela e quando é que tu as podes voltar a ver. O resto? Quem disse o quê para quem e quando? Isso não importa agora. Essas não são as tuas discussões para ter.

 

Ela sempre será a mãe dos teus filhos. Os teus meninos vão sempre amar a mãe deles porque é a mãe deles. Eles não entendem completamente a enormidade do que ela fez com eles e contigo, e talvez eles realmente não entendam até que se tornem pais. Mas o que eles não precisam ouvir é falar mal da mãe deles (ou pior, publicar ódio na internet para sempre lá ficar). Podem haver momentos em que estás a sofrer tanto que não te consegues conter, mas meu amigo, não há pessoas perfeitas, mas, tanto quanto possível, mantém-te neutro. Será melhor para eles assim. Eles vão chegar ás suas próprias conclusões sobre o que se passou e, acredita, ficarão agradecidos por tudo que fizeres por eles e vão te amar para sempre. Vais ser um ótimo pai. Eles precisam que tu te consigas erguer o mais rápido possível para que possas cuidar deles da maneira que eles precisam, porque a realidade é que vais ter de fazer o teu papel sozinho.

 

A dor vai aliviar. Tu nunca mais te vais sentir assim, mas a recuperação não acontece da noite para o dia e vais ter de lidar com as tuas emoções de uma maneira saudável. Não podes engarrafar isso e não podes beber (ou cheirar) ou fumar (ou comer) o teu caminho para o esquecimento. Eu sei que agora te queres esconder debaixo do edredom e nunca de lá mais sair. Eu sei que só queres que pare de doer. Já pensaste em fugir, deixá-la a lidar com a montanha de merda que ela deixou que crescesse entre vocês os dois, mas mas sabes que não é o caminho. Quando estiveres pronto, há algumas coisas que te podem ajudar. Antidepressivos, aconselhamento, bons amigos, autodesenvolvimento, reflexão e compreensão farão a diferença. Chocolate vai ajudar um bocado, mas apenas por alguns minutos. Depois disso, fica no rabo e vai deixar a tua roupa desconfortavelmente apertada.

 

Nao terás problemas em encontrar mulheres, mas, oh meu Deus, amigo, nunca vais encontrar o amor que precisas por muitos anos.. Tu estás partido e vais procurar todas as coisas erradas em todos os lugares errados. Vais ser emocionalmente carente e vais te agarrar onde não deverias. Vais ser um crava amor. Se quiseres namorar e ter alguns momentos especiais, vai em frente, sê seguro, tem cuidado, mas protege o teu coração. Ele não está preparado para lidar com mais merda, e certamente haverá muita. Mas quando estiveres pronto, o amor vai te encontrar, eu prometo

 

Vais ser feliz novamente. Agora estás entorpecido por dentro. Todos os dias são uma luta dolorosa para cuidar das duas pessoas pequenas e para funcionar de uma forma relativamente normal. Não te sentes forte, eu sei o quanto tu odeias quando as pessoas usam essa palavra. Então vamos chamá-la de outra coisa ... vamos chamá-la de fortitude. Ou resiliência. Ou durabilidade. Tu, meu amigo, tens o poder da permanência, tens cérebros nos sapatos e pés na tua cabeça (ou algo assim). Vais continuar a sair da cama todos os dias e fazer o que for preciso fazer para sobreviver. Faz isso milhares de vezes e no final da estrada vais ser feliz novamente. Eu prometo. Eu prometo. Vais ser  feliz novamente.

 

Pensaste que tinhas tudo, casa cheia, filhos lindos, uma esposa amorosa e uma vida tranqüila. Mas ela já nao te amava e tu não conseguias ser feliz pelos dois. Prepara-te. Antes de melhorar, vai piorar. Vais trabalhar duro até chorar de cansaço. Vais ficar sem dinheiro, sem um lar e a ficar a olhar para os sonhos despedaçados sobre os teus pés. Haverá humidade nas paredes e aranhas do tamanho dos chihuahuas. Mas tudo fica bem no fim. Podes não acreditar em mim agora, mas este é o caminho certo para a tua vida. É um longo e difícil caminho acidentado cheio de cães e os seus montes de merda, mas este é o teu caminho por agora, e vais andar com dignidade e coragem. Apenas observa onde colocas os pés.

 

Com muito carinho

 

Tu (2021)

P.S. Não compres o fato castanho. Parece que estás a sair de um filme dos ano 60.

 

2 comentários

Comentar post